O CFTV – Circuito Fechado de TV – é um dos meios mais eficazes para prevenção e controle da segurança pessoal e patrimonial. Através deste sistema de CFTV é possível ver e gravar imagens de diversos locais como ambientes residenciais, corporativos e públicos.
 
Os sistemas de CFTV tradicionais utilizam câmeras de vídeo CCD para produzir o sinal de vídeo, cabos ou transmissores/receptores para transmitir o sinal e monitores para visualizar a imagem de vídeo captada.
 
A WR Segurança Patrimonial oferece tudo o que é necessário para montar ou aperfeiçoar o seu sistema CFTV de monitoramento.
 
Com o desenvolvimento da tecnologia e o acesso à internet, atualmente é possível através de equipamentos e software especiais, visualizar o local que possui CFTV de um computador remoto, ou seja, alguém que tenha acesso à internet pode conectar-se ao CFTV de sua empresa ou casa e verificar o que está se passando no local em tempo real.
 
Possuímos diversos modelos de câmeras para que seu projeto seja idealizado como você precisa e deseja. E principalmente: de forma eficiente! Além disso, contamos com a experiência e conhecimento de nossos técnicos para que a sua necessidade de CFTV seja projetada com auxílio de diversos acessórios existentes no mercado, disponibilizando opções de instalação do sistema de CFTV.
 
Trabalhamos com manutenção de CFTV em Belo Horizonte e em toda grande BH.
 
 
Microcâmeras com proteção em acrílico com a opção do infravermelho permitindo a visão noturna. Câmeras com capacidade de longo alcance e com a opção do infravermelho permitindo a visão noturna.
 
 
Peça já um orçamento de CFTV e iremos até sua casa ou comércio ver a necessidade de um sistema de CF.
 
A central de alarme funciona como um dispositivo de segurança que avisa um evento quando é violado o imóvel, causado por arrombamento, tentativa de roubo, intrusão, etc.
 
Servindo também como um elemento inibidor, pois certamente quando um intruso pensar em invadir um local protegido ficará frustrado ao saber das dificuldades que irá encontrar.
 
Uma central de alarme tem a finalidade de colher as informações dos sensores, periféricos, elementos de proteção de um local, dividindo-os em zonas (partes), para detectar qual setor foi invadido ou violado.
 
Ao detectar qualquer evento, a central de alarme dispara uma sirene ou um sinal luminoso (estrobo) e disca para um número de telefone programado.
 
As centrais de alarmes podem ser determinadas pela quantidade de setores (zonas), e os usuários poderão gravar senhas, filtrando quem terá o acesso em cada uma delas.